domingo, 1 de novembro de 2015

Straw Dogs




Título em Português: Cães de Palha
Realizador: Rod Lurie
Argumento: Rod Lurie
Atores: James Marsden
Kate Bosworth
Alexander Skarsgård
James Woods
Duração: 110 minutos.
Ano: 2011
Género: Thriller
Classificação: M/16



Sinopse: Amy e o marido estão de volta à terra onde ela nasceu. No sul as coisas são diferentes e se David procurava um lugar para escrever tranquilamente, logo terá uma grande surpresa.

Amy é uma mulher bonita. Conseguiu sair do sul onde nada acontece e começou a ter uma carreira em Hollywood. Casou com David, um argumentista. Para que o marido pudesse ter paz e sossego e assim conseguir escrever um novo argumento, eles mudam-se para a terra onde ela nasceu. 

No sul existe um código de conduta diferente do resto do país. Cada pessoa resolve os problemas à sua maneira e a comunidade esconde segredos terríveis. Como em qualquer zona pequena, todos conhecem-se e entram na casa uns dos outros sem formalidades. Se a principio David estranha este comportamento, logo começa a habituar-se.

A casa dos pais de Amy está abandonada à muito tempo e por isso precisa de reparações urgentes. Charlie, um ex-namorado de Amy, junta um grupo de amigos e começam a reconstruir o telhado danificado. Os problemas surgem quando Amy sente-se negligenciada pelo marido, o ex-namorado torna-se cada vez mais insistente e tudo toma proporções catastróficas quando David decide tomar uma atitude.

Gostei: A historia é interessante. A conduta das personagem é para lá de duvidosa e quando temos um preferido, tudo muda de figura.
Alexander Skarsgård é todo ele um pedaço de mau caminho!

Não gostei: David é extremamente irritante na maior parte das vezes. O marido “banana” demora muito a tomar uma atitude mas quando a toma, peca por exagero.


Pontuação: 7/10

4 comentários:

  1. Olha que pelo resumo k aqui fazes, a história deve ser bem interessante. estive a ver fotos do Alexander, e, de facto, há cada uma que... bem, isto é tudo uma questão de "ranhuras.

    Beijos, Ana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahaha. cada ranhura tem a chave certa Céu!
      O mais curioso do filme é sem duvida a empatia (ou a falta dela) que sentimos pelas personagens. Ninguém é bom o tempo todo e mesmo aqueles por quem tinhamos simpatia no começo do filme, passamos a detestá-los no fim.
      Beijos

      Eliminar
  2. Às vezes penso em ver alguns filmes só porque falas tão dos personagens... mas honestamente esses de suspense/terror não me animam nada... já pensaste em ver um draminha assim de vez em quando. Bjs

    ResponderEliminar