quarta-feira, 7 de maio de 2014

Celda 211



Título em Português: Cela 211
Realizador: Daniel Monzón
Argumento: Daniel Monzón
Atores: Luis Tosar
Alberto Ammann
Marta Etura
Duração: 113 minutos.
Ano: 2009
Género: Ação/Drama

Sinopse: Juan é um guarda prisional que decide ir conhecer o novo local de trabalho um dia antes de começar no serviço.
Malamadre é um assassino terrível que organiza uma revolta no estabelecimento para que os presos tenham melhores condições. O destino destes dois homens cruza-se quando Juan fica ferido e no meio da confusão, os colegas acham que é boa ideia metê-lo numa cela (a 211) enquanto as coisas não acalmam. Quando as coisas ficam fora de controlo, Juan só terá uma opção: fingir que é um dos presos para conseguir sobreviver.

Confesso que não costumo ver filmes de atores desconhecidos. Por isso foi com alguma relutância que escolhi ver este filme espanhol (que nem é do Almodôvar nem nada). 

Alberto Ammann (Juan) é a grande estrela do filme seguido de Luis Tosar(Malamadre). Se nos primeiros segundos poderíamos pensar que Juan seria um coitado que estaria metido em maus lençóis, logo podemos perceber como o jovem guarda prisional consegue fingir muito bem e enganar o “chefe” dos presos. Os dois criam um laço muito forte e Juan precisa mostrar que é um deles, mesmo que para isso tenham de fazer coisas que jamais pensou ser capaz. Malamadre cai facilmente na história do rapaz e os dois acabam tornando-se grandes amigos. Mas…nem toda a gente cai nesta conversa e o segredo de Juan pode vir à tona a qualquer momento. 

Gostei: das interpretações de Alberto Ammann e Luis Tosar.

Não gostei: do final.


Pontuação: 8/10