terça-feira, 15 de dezembro de 2015

The Box




Título em Português: Presente de Morte
Realizador: Richard Kelly
Argumento: Richard Kelly
Atores: Cameron Diaz
James Marsden
Frank Langella
Duração: 115 minutos.
Ano: 2009
Género: Drama/ficção cientifica 
Classificação: M/12



Sinopse: Batem à porta. Um embrulho é deixado no chão. Quando o casal decide ver o que está dentro do embrulho, encontram uma caixa de madeira com um botão. Eles não sabem do que se trata mas logo alguém vai desvendar o mistério.

Norma é professora e o marido é um cientista. A vida corria bem até aos problemas no plano profissional começarem. O marido não consegue ser astronauta como gostaria e ela enfrenta problemas no seu local de trabalho, sendo gozada devido à sua deficiência física.

Um belo dia, um embrulho é deixado na porta desta família. A curiosidade é mais forte e eles decidem ver o que está lá dentro. Aparentemente é uma caixa simples com um botão vermelho no meio. Dias depois um estranho aparece afirmando ser o dono da tal caixa e traz uma proposta: por um milhão de dólares, uma pessoa completamente desconhecida será assassinada. Se não aceitarem, a caixa será dada a outra pessoa e nada acontece com eles.

Os sentimentos de culpa misturam-se com a necessidade do dinheiro. O casal acha que tomou a melhor decisão mas uma serie de acontecimentos mostrará que estavam errados.

Gostei: O mais interessante do filme é fazer-nos pensar no que faríamos se fossemos aquele casal. Será que aceitávamos carregar no botão ou não?

Não gostei: a partir de certa altura o filme fica confuso. O argumento perde-se pelo caminho.


Pontuação: 6/10

domingo, 1 de novembro de 2015

Straw Dogs




Título em Português: Cães de Palha
Realizador: Rod Lurie
Argumento: Rod Lurie
Atores: James Marsden
Kate Bosworth
Alexander Skarsgård
James Woods
Duração: 110 minutos.
Ano: 2011
Género: Thriller
Classificação: M/16



Sinopse: Amy e o marido estão de volta à terra onde ela nasceu. No sul as coisas são diferentes e se David procurava um lugar para escrever tranquilamente, logo terá uma grande surpresa.

Amy é uma mulher bonita. Conseguiu sair do sul onde nada acontece e começou a ter uma carreira em Hollywood. Casou com David, um argumentista. Para que o marido pudesse ter paz e sossego e assim conseguir escrever um novo argumento, eles mudam-se para a terra onde ela nasceu. 

No sul existe um código de conduta diferente do resto do país. Cada pessoa resolve os problemas à sua maneira e a comunidade esconde segredos terríveis. Como em qualquer zona pequena, todos conhecem-se e entram na casa uns dos outros sem formalidades. Se a principio David estranha este comportamento, logo começa a habituar-se.

A casa dos pais de Amy está abandonada à muito tempo e por isso precisa de reparações urgentes. Charlie, um ex-namorado de Amy, junta um grupo de amigos e começam a reconstruir o telhado danificado. Os problemas surgem quando Amy sente-se negligenciada pelo marido, o ex-namorado torna-se cada vez mais insistente e tudo toma proporções catastróficas quando David decide tomar uma atitude.

Gostei: A historia é interessante. A conduta das personagem é para lá de duvidosa e quando temos um preferido, tudo muda de figura.
Alexander Skarsgård é todo ele um pedaço de mau caminho!

Não gostei: David é extremamente irritante na maior parte das vezes. O marido “banana” demora muito a tomar uma atitude mas quando a toma, peca por exagero.


Pontuação: 7/10

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Fright Night (2011)




Título em Português: Noite de Medo
Realizador: Craig Gillespie
Argumento: Marti Noxon
Atores: Anton Yelchin
Colin Farrell
Toni Collette
David Tennant
Imogen Poots
Duração: 105 minutos.
Ano: 2011
Género: comédia/Terror
Classificação: M/12



Sinopse: Charley é um adolescente igual a tantos outros. A única diferença é ser vizinho de um vampiro que mais cedo ou mais tarde poderá tornar-se perigoso.

Charley é um estudante normalíssimo. Tem uma namorada gira e vive sozinho com a mãe depois do pai tê-los abandonado. Quando o seu amigo Ed começa a desconfiar que o vizinho é um vampiro, ele não dá importância mas quando o rapaz desaparece, as coisas ficam complicadas. Charley começa a pesquisar tudo sobre vampiros e vai pedir ajuda a um grande especialista na matéria: Peter Vincent. O homem sabe tudo sobre este tema mas não está disposto a ajudá-lo para não por a sua vida em perigo.

Quando Jerry (o vampiro) apercebe-se que a sua identidade está em risco, terá de fazer tudo para impedir Charley mas o jovem nem sabe que agua benta, estacas e cruzes serão pouca coisa para enfrentar o terrivel vilão.

Gostei: Ver Colin Farrell é sempre bom. David Tennant foi uma agradável surpresa.

Não gostei: Ver Colin Farrell neste filme é a coisa mais estranha do mundo. O argumento é fraquinho, os efeitos especiais não são lá essas coisas e ficamos a pensar no que deu na cabeça para um actor tão bem sucedido como o Colin, aceitar este convite. 


Pontuação: 6/10

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

The Ledge



Título em Português: Nos Limites da Fé
Realizador: Matthew Chapman
Argumento: Matthew Chapman
Atores: Charlie Hunnam
Terrence Howard
Liv Tyler
Patrick Wilson
Duração: 101 minutos.
Ano: 2011
Género: drama


Sinopse: Gavin está no telhado de um edifício prestes a saltar. Para impedir que tal aconteça, o detective Hollis está presente. 

O filme começa com um homem a dirigir-se para a beira de um prédio alto. São óbvias as suas intenções mas será que ele é mesmo capaz de saltar? Enquanto tal não acontece, o detective Hollis tenta demovê-lo e conversa com ele. Aos poucos descobre o porquê de tal medida drástica mas também ele tem de lutar contra os seus dramas pessoais.

Hollis acaba de descobrir que é estéril. Ele que é um homem temente a Deus, ama a sua mulher e os seus filhos, sente-se traído e revoltado. O dia não podia correr-lhe pior. Agora é chamado para impedir que um homem se suicide e o dever está acima de tudo. Lá no alto está Gavin, um homem desesperado. Ele está ali contra a sua vontade mas se ele não saltar, alguém morrerá no lugar dele. 

Gavin conhece Shana que é casada com Joe. Joe tem um passado sombrio mas depois de encontrar Jesus, tornou-se um novo homem. Foi ele quem salvou Shana do mundo da perdição mas o casamento dos dois não anda bem. Quando Gavin aparece, o matrimónio é abalado e se por um lado temos um marido demasiado extremista nas suas crenças religiosas, por outro lado o novo “amigo” é um ateu convicto. Dá-se uma luta entre o acreditar e não acreditar e no fim, a decisão só cabe a uma pessoa.

Gostei: O Terrence Howard e o Patrick Wilson estiveram muito bem.

Não gostei: Charlie Hunnam não esteve mal de todo mas seria de esperar mais do actor principal do filme. Liv Tyler matou-me de tédio. Se calhar sou só eu que nunca reparei na falta de expressividade da moça. Alegre ou triste tinha expressividade nula.

Pontuação: 6.5/10

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

The Visit




Título em Português: A Visita
Realizador: M. Night Shyamalan
Argumento: M. Night Shyamalan
Atores: Olivia DeJonge
Ed Oxenbould
Deanna Dunagan
Peter McRobbie
Duração: 94 minutos.
Ano: 2015
Género: Terror
Classificação: M/14



Sinopse: Enquanto a mãe vai de férias com o namorado, os filhos vão sozinhos conhecer os avós. Se no começo tudo corre ás mil maravilhas, aos poucos as crianças apercebem-se que coisas estranhas estão a acontecer.

Eu tinha deixado de ver os filmes do M. Night Shyamalan desde “A Senhora da Agua” mas como ouvi tanta gente falar bem desta nova película, lá fiz um sacrifício. A historia é simples: duas crianças vão passar férias à casa dos avós. Detalhe: nunca viram uma foto que fosse dos velhinhos, porque a mãe tinha cortado relação com os pais antes dos filhos terem nascido. 

A pequena Becca quer saber mais sobre os seus antepassados e por isso decide fazer um documentário sobre estas férias com os avós. Junto com o irmão Tyler, as filmagens vão acontecendo a um ritmo normal mas assim que anoitece, coisas estranhas começam a acontecer. Quando a avó é vista com um comportamento estranho, o avô diz que é tudo próprio da idade mas quando ele também é visto em atitudes suspeitas, as crianças começam a desconfiar que aquilo já é demais. Quando os pequenos fazem uma grande descoberta, as suas vidas passam a estar em perigo! 

Gostei: As crianças estiveram bem.

Não gostei: O filme é visto como se os actores principais estivessem a filmá-lo. Esta espécie de “documentário” onde a câmara não pára quieta, irrita-me profundamente.

Apesar de não ser um grande filme, é melhorzinho que o Senhora da Água. Continua assim Shyamalan que um dia chegas lá!


Pontuação: 6/10

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

You're not You




Título em Português: Um Ponto de Viragem
Realizador: George C. Wolfe
Argumento: Shana Feste
Atores: Hilary Swank, 
Emmy Rossum, 
Josh Duhamel
Duração: 102 minutos.
Ano: 2014
Género: Drama
Classificação: M/12 



Sinopse: Quando uma pianista vê a sua vida mudar radicalmente por causa da esclerose lateral amiotrófica, dá-se conta que não pode mais fazer a vida normal e trata de contratar alguém para cuidar de si.

Kate (Hilary Swank) é pianista clássica casada com um homem bonito. A sua vida não poderia ser mais perfeita. Porém, tudo desmorona-se quando a doença aparece e na primeira fase o marido trata de cuidar dela, com o passar do tempo esta solução torna-se inviável. É assim que Bec (Emmy Rossum) entra na vida da pianista. As duas não têm nada em comum mas acabam por ser amigas inseparáveis.

À medida que o casamento de kate desmorona-se, Bec é a única companhia que lhe resta mas até isso pode mudar. 

Gostei: A história é simpática mas não me convenceu.

Não gostei: o final foi previsível e o desenrolar não surpreendeu.


Pontuação: 6/10

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

The Devil Wears Prada




Título em Português: O Diabo Veste Prada
Realizador: David Frankel
Argumento: Aline Brosh McKenna
Atores: Meryl Streep
Anne Hathaway
Emily Blunt
Duração: 109 minutos.
Ano:2006
Género: Comédia/Drama/Romance
Classificação: M/12



Sinopse: Andy (Anne Hathaway) pretende tornar-se jornalista mas tudo o que conseguiu encontrar foi um trabalho como assistente numa revista da moda. Este trabalho não podia estar mais longe dos seus objectivos já que Andy não entende nada de moda e nem poderá escrever um único artigo mas com o passar do tempo, as coisas podem mudar. 

Anne Hathaway está óptima neste papel. Passar de patinho feio para cisne não é a primeira vez que lhe acontece e ela sabe o que está a fazer. 

Andy só pretende ser jornalista e até escreve bons artigos mas como o mercado de trabalho não está fácil, a solução é trabalhar na primeira coisa que lhe aparece. Quando ela começa a trabalhar para uma revista de moda, sente-se completamente deslocada. Afinal de contas, as ruas roupas não estão na moda, ela não tem o ultimo grito em penteados e não sabe distinguir um azul capri de um azul marinho. Ainda assim, a temida Miranda Priestly aceita contratá-la. Aos poucos a jovem apercebe-se que a moda não é um coisa assim tão má e quando menos espera já usa os vestidos mais caros e um visual cuidado. 

À medida que ela embrenha-se neste novo mundo, os seus amigos e o namorados são deixados para trás mas será que vale a pena trocar o glamour por uma vida mais simples? 

Gostei: gostei de todas as actrizes no geral.

Não gostei: da história.


Pontuação: 6/10

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

The Road




Título em Português: A Estrada
Realizador: John Hillcoat
Argumento: Joe Penhall
Atores: Viggo Mortensen, 
Charlize Theron, 
Kodi Smit-McPhee
Duração: 111 minutos.
Ano: 2009
Género: Drama
Classificação: M/16



Sinopse: Num mundo pós-apocalíptico, um homem e o seu filho caminham pela estrada tentando sobreviver mais um dia.

A comida é escassa e os poucos habitantes que existem tornaram-se canibais. Não se sabe o que aconteceu. Terá sido um cometa que colidiu com o planeta? Uma guerra? Um ataque de extraterrestres? Nada disso importa saber porque o foco do filme é o pai (Viggo Mortensen) e o seu filho (Kodi Smit-McPhee) que vagueiam pelas estrada à procura de alimento.
O que fazer quando a sobrevivência está em causa? Será que tudo vale a pena? O pai tenta mostrar ao filho que eles são boas pessoas e por isso mesmo não andam por aí a comer os outros. A esperança do pai é chegar ao litoral onde provavelmente haverá comida mas muitos perigos escondem-se pela estrada fora… 

Gostei: Viggo é sempre bom no que faz mas...

Não gostei: a historia não avança e desejamos que tudo acabe o mais depressa possível.
O destino da mulher é incerto.


Pontuação: 6/10

quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Abraham Lincoln: Vampire hunter




Título em Português: Diário Secreto de um Caçador de Vampiros
Realizador: Timur Bekmambetov
Argumento: Seth Grahame-Smith
Atores: Benjamin Walker
Dominic Cooper
Rufus Sewell
Marton Csokas
Duração: 105 minutos.
Ano: 2012
Género: acção/fantasia
Classificação: M/16



Sinopse: Antes de ser presidente dos Estados Unidos, Abraham Lincoln teve um passado sombrio: era caçador de vampiros. A sua missão surgiu após a mãe ter sido assassinada por um vampiro quando ele era criança e agora em adulto, ele terá de fazer justiça.

O pequeno Abraham desde cedo lutava contra as injustiças. Para ele todas as pessoas nasciam iguais em direitos e deveres. O seu melhor amigo era de outra cor, coisa que na altura não era visto com bons olhos. Porém, Lincoln olhava além da cor da pele. A sua vida muda completamente quando vê a mãe ser assassinada por um homem mau. Rapidamente descobre que esse ser não é um simples assassino e pior que isso: há outros iguais a ele!

Abraham cresce com sede de vingança mas se de noite ele mata vampiros, de dia os seus discursos são amplamente ouvidos pela população. Não é de surpreender que este merceeiro de dia e advogado, torne-se presidente da nação. 

Os anos passam mas a luta continua e agora ele terá de enfrentar um velho inimigo que ameaça toda a população!



Gostei: É um bom filme de vampiros, tanto quanto pode ser um do género…

Não gostei: tudo correria muito melhor se não tivessem posto o presidente da América nisto…



Pontuação: 6/10

sábado, 12 de setembro de 2015

Insurgent




Título em Português: Insurgente
Realizador: Robert Schwentke
Argumento: Brian Duffield
Atores: Shailene Woodley
Theo James
Kate Winslet
Ashley Judd
Zoë Kravitz
Maggie Q
Duração: 119 minutos.
Ano: 2015
Género: Aventura
Classificação: M/12



Sinopse: Tris é uma divergente e por isso foi expulsa da facção onde estava. Junto com Quatro, ela agora pertence aos excluídos da sociedade e é vista como criminosa. Com a cabeça a prémio, terá de lutar para sobreviver.

Tris sente-se culpada pela morte dos amigos e dos pais. Junto com outros amigos que foram expulsos da facção, a única alternativa é fugir para não serem assassinados. Porém quando todas as pessoas começam a morrer á sua volta, a única solução é apresentar-se ao sacrifício não sem antes dar muita luta. Ao seu lado como sempre, Tobias protegerá a sua amada contra tudo e contra todos.

Gostei: Achei este filme melhor que o primeiro. Ainda assim é mais um filme para adolescentes…

Não gostei: demasiada acção e pouco romance.



Pontuação: 6.5/10

terça-feira, 8 de setembro de 2015

Divergent




Título em Português: Divergente
Realizador: Neil Burger
Argumento: Evan Daugherty
Atores: Shailene Woodley
Theo James
Kate Winslet
Ashley Judd
Zoë Kravitz
Maggie Q
Duração: 139 minutos.
Ano: 2014
Género: Aventura
Classificação: M/12



Sinopse: O mundo é dividido em facção baseadas nas capacidades de cada pessoa mas quando alguém não se encaixa em nenhuma facção o que acontece? Nasce um divergente!

Tris é uma jovem igual a tantas outras. A sua vida é suposto seguir o mesmo rumo que a dos pais mas quando ela é chamada para fazer o teste vocacional, a confusão instala-se. A jovem não se enquadra em nenhuma secção existente e por isso resolve escolher uma que esteja mais de acordo com as suas capacidades. Quando conhece “Quatro” (ou Tobias), encontrará nele um apoio.

Quando é descoberto um plano que exterminará todos os divergentes, Tris estará em perigo bem como muitos dos seus amigos.

Gostei: Tem bons momentos de acção.

Não gostei: Excessivamente longo, não me cativou.



Pontuação: 6/10

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

xXx (2002)




Título em Português: XXX- Missão Radical
Realizador: Rob Cohen
Argumento: Rich Wilkes
Atores: Vin Diesel, 
Asia Argento, 
Marton Csokas
Samuel L. Jackson
Duração: 124 minutos.
Ano: 2002
Género: acção 
Classificação: M/12



Sinopse: Xander Cage mais conhecido por X, é um praticante de desportos radicais e criminoso. Dada a sua aptidão para viver no mundo do crime, o governo americano acha que ele é a pessoa ideal para infiltrar-se numa rede criminosa.

X, é um criminoso especialista em roubos e outros crimes. Conhecido por fazer cenas de acção e roubos impressionantes gravados em vídeo, o homem alcança um numero generoso de seguidores que querem ser iguaizinhos a ele quando forem grandes. É graças a essa aptidão fora do comum que uma agencia secreta decide verificar se ele tem condições para uma missão secreta e o bónus será ter uma ficha limpa. 

Quando Xander é bem sucedido nos testes, é enviado para a republica checa onde irá infiltrar-se na Anarchy 99. Como o próprio nome indica, esta seita pretende lançar o caos e derrubar todas as ordens mundiais. Mas não é só isso! Eles têm uma bomba nuclear e não hesitarão em usa-la quando for a altura certa!

Gostei: Este filme é o primeiro (e muitos outros vieram a seguir) onde Vin Diesel é o actor principal e não se sai mau de todo. Admiro a capacidade do rapaz em querer fazer a maioria das cenas de acção e a parte da representação podia ser pior.

Marton Csokas é um espectáculo!

Não gostei: algumas cenas de acção eram exageradamente longas

Pontuação: 7/10

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Asylum




Título em Português: A Casa da Loucura
Realizador: David Mackenzie
Argumento: Patrick Marber
Atores: Natasha Richardson
Ian McKellen
Marton Csokas
Duração: 99 minutos.
Ano: 2005
Género: Drama
Classificação: m/16



Sinopse: Um medico, a sua mulher e o seu filho mudam-se para um novo local. A nova residência fica dentro da propriedade do hospital psiquiátrico onde ele irá trabalhar e por isso a família lida de perto com os doentes mentais. Quando a mulher do medico, Stella, conhece Edgar, a sua vida muda completamente e tudo é posto em segundo plano para viver esta paixão.

Stella é uma mulher solitária. A vida com o marido e o filho são monótonas e talvez por isso mesmo ela envolva-se com Edgar. O passado do jeitoso não a faz recuar e o romance fica cada vez mais intenso. Mesmo sabendo que Edgar matou brutalmente a sua mulher num momento de loucura provocado pelos ciúmes doentios, Stella decide arriscar tudo e continuar o relacionamento. 

Edgar consegue fugir do manicómio e passa a encontrar-se às escondidas com a sua amada. Quando ele obriga-a a escolher entre ele ou a família, ela não pensa duas vezes e faz as malas. Logo os ciúmes vêm à tona e Stella começa a temer pela própria vida. 

Gostei: Marton Csokas é um pedaço de mau caminho e é plenamente convincente como maluco. 

Não gostei: do final e a história é muito deprimente.


Pontuação: 7/10

sábado, 22 de agosto de 2015

A Million ways to die in the West




Título em Português: Mil e Uma Maneiras de Bater as Botas
Realizador: Seth MacFarlane
Argumento: Seth MacFarlane
Atores: Seth MacFarlane
Charlize Theron, 
Liam Neeson
Duração: 116 minutos.
Ano: 2014
Género: comédia/western
Classificação: m/14



Sinopse: Albert é um fazendeiro da paz e como tal, recusa-se a entrar em duelos. Quem não vê com bons olhos este modo passivo de viver, é a sua namorada que decide finalmente acabar com tudo de vez. Sem saber o que fazer da sua vida, Albert tem uma nova ajuda para tornar-se um novo homem e reconquistar a ex-namorada.

Quando Anna entra na vida de Albert tudo fica do avesso. A vida que outrora era simples, agora torna-se num reboliço danado e o pastor de ovelhas vê-se aflito para lidar com tantas mudanças. Se no começo, a intenção era recuperar o seu amor perdido, agora a nova forasteira veio transformar as prioridades do jovem. Afinal para que serve amar quem não nos ama nem valoriza o nosso amor? Será que vale a pena matar e morrer por quem não merece?

Gostei: O filme é engraçado com muitos momentos divertidos.

Não gostei: do excesso de palavrões que é completamente desnecessário.



Pontuação: 7/10

sábado, 15 de agosto de 2015

Mad Max: Fury Road




Título em Português: Mad Max: Estrada da Fúria
Realizador: George Miller
Argumento: George Miller
Atores: Tom Hardy, 
Charlize Theron, 
Nicholas Hoult
Duração: 120 minutos.
Ano: 2015
Género: 
Classificação: Acção/ Ficção cientifica 



Sinopse: Num mundo onde a esperança já morreu, Max é um sobrevivente. Tal como ele, Furiosa é uma mulher que procura sobreviver. Os dois encontram-se e lutam para mudar o seu destino.

Quando Max é capturado, é torturado mas nunca a ponto de morrer. O seu sangue raro é uma preciosidade e é fonte de vida. Apesar das várias tentativas de fuga, so quando o seu destino cruza-se com o da Furiosa é que as coisas mudam.

Furiosa foi capturada quando criança e levada para longe do seu lar. Agora em adulta, arquitectou um plano de fuga com o objectivo de voltar a casa.

Max e Furiosa encontram-se de forma inusitada e se no começo as coisas não correm lá muito bem, depressa tornam-se aliados para escapar ao terrível Immortan Joe.

Gostei: O filme tem muita acção e os seus protagonistas são óptimos nos seus papéis.

Não gostei: um pouquinho de romance não ficava nada mal…



Pontuação: 9/10

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Aeon Flux




Título em Português: Aeon Flux
Realizador: Karyn Kusama
Argumento: Phil Hay, Matt Manfredi
Atores: Charlize Theron
Marton Csokas
Sophie Okonedo
Duração: 93 minutos.
Ano: 2005
Género: acção/ficção Cientifica
Classificação: M/12



Sinopse: Aeon Flux é uma das rebeldes que pretende matar o presidente e derrubar o regime. Porém, quando consegue finalmente estar frente a frente com o seu rival, os planos mudam porque uma revelação surpreendente acontece.

O filme passa-se em 2415 e num futuro distante, as coisas são completamente diferentes do que são agora. Um vírus mortal dizimou a maioria da população e os apenas 5 milhões de habitantes existentes, estão presos numa espécie de redoma. Esta redoma não pode ser ultrapassada de forma alguma e quando alguém tenta descobrir o que existe do outro lado, é aniquilado.

Sem conseguir viver num mundo assim, um pequeno grupo de rebeldes poe em acção um plano arriscado: derrubar o presidente e conseguir viver num mundo diferente. A missão não é fácil e so Aeon Flux poderá ter sucesso!

Gostei: O filme não é la essas coisas em termos de argumento mas tem bons momentos de acção.

Não gostei: quando uma grande revelação é feita, o filme perde a piada. 



Pontuação: 6.5/10

sexta-feira, 24 de julho de 2015

The Wolverine




Título em Português: Wolverine
Realizador: James Mangold
Argumento: Mark Bomback
Atores: Hugh Jackman
Tao Okamoto
Famke Janssen
Duração: 126 minutos.
Ano: 2013
Género: Acção
Classificação: M/12



Sinopse: Logan é prisioneiro de guerra perto de Nagasaki. Quando a bomba atómica ocorre, ele consegue salvar um militar. Anos depois, o militar tornou-se um rico homem de negócios e quer pagar a divida pelo mutante ter salvo a sua vida. A sua retribuição é no mínimo estranha e o homem das garras de aço vai ter de fugir.

Wolverine tornou-se uma marca de sucesso. Por isso, os estúdios acharam que seria uma boa ideia criar um filme onde ele fosse a estrela principal, juntar uns quantos actores que ninguém ouviu falar et voilá… temos filme.

Sim, o filme tem muita acção, pouca emoção e uma história um bocado confusa. Aqui os bons da fita não são tão bons quanto isso e os maus…têm dias.

Gostei: da acção?

Não gostei: história confusa...


Pontuação: 6.5/10

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Legion




Título em Português: Legião
Realizador: Scott Stewart
Argumento: Scott Stewart
Atores: Paul Bettany
Lucas Black
Dennis Quaid
Duração: 100 minutos.
Ano: 2010
Género: Terror/Fantasia
Classificação: R



Sinopse: Deus perdeu toda a fé na humanidade e manda uma legião de anjos exterminá-la. O arcanjo Miguel está contra e fará os possíveis para ajudar os humanos.

Ao contrário do que possa parecer, este filme não tem nada de bíblico. O São Miguel arcanjo deste filme, perdeu os poderes ao desafiar Deus e por isso terá de lutar como um simples humano. Facas, pistolas e tudo o que vier à mão são bem-vindas.

A empregada gravida que quer dar o filho para adopção assim que ele nasça, o dono do café, o seu filho e o amigo que passa a vida no bar, são o grupo de pessoas que estão presos num café a centenas de km de distância de qualquer ser vivo quando o apocalipse começa. 

Miguel ainda tem esperança num mundo melhor e quando for obrigado a lutar contra os seus, poderá pagar um preço bem alto por essa rebeldia. 

Gostei: da originalidade da história. Não é um filme bonitinho como costumam ser os filmes que envolvam a religião.

Não gostei: alguns efeitos especiais eram um bocadinho parvos.


Pontuação: 6.5/10

segunda-feira, 6 de julho de 2015

The Possession of Michael King





Título em Português: A Maldição de Michael King
Realizador: David Jung
Argumento: David Jung
Atores: Shane Johnson
Ella Anderson
Cara Pifko
Duração: 83 minutos.
Ano: 2014
Género: Terror
Classificação: M/16



Sinopse: Michael King (Shane Johnson) é completamente ateu. Depois da morte da sua mulher ele decide por conta e risco, descobrir se existe mesmo alguma coisa no além.

Michael está desesperado por respostas. A morte da sua mulher transformou-o completamente e na ânsia por saber o que existe depois da morte (se é que existe alguma coisa), ele decide ser a sua própria cobaia e sujeita-se aos testes mais absurdos. Bruxas, mediums, videntes, tabuleiros de ouija, etc, são algumas das formas que ele usa para contactar com os mortos e o pior é que acaba mesmo por ter as suas preces atendidas.

Gostei: Um filme sobre possessões não é nenhuma novidade. Este também não. Apesar de ter alguns momentos interessantes, não chega a ser memorável.

Não gostei: A história foi demasiado banal


Pontuação: 6/10

quinta-feira, 2 de julho de 2015

47 Ronin




Título em Português: 47 Ronin - A Grande Batalha Samurai
Realizador: Carl Rinsch
Argumento: Chris Morgan
Atores: Keanu Reeves, 
Hiroyuki Sanada, 
Ko Shibasaki
Duração: 118 minutos.
Ano: 2013
Género: Acção/Aventura
Classificação: M/12



Sinopse: O Lorde Asano encontra um jovem mestiço na floresta e leva-o para o castelo. Kai (Keanu Reeves) é o mestiço rejeitado por todos. A sua luta começa quando o seu mestre é assassinado e ele é o único que poderá fazer justiça.

Num lugar onde a linhagem é muito importante, o jovem Kai precisa mostrar mais do que todos os outros que merece estar onde está. Porém as coisas começam a correr mal e ele é expulso. Quando o seu mentor morre e um vilão da pior espécie ameaça tomar conta de tudo, os Ronin são obrigados a chamar Kai para fazer frente ao vilão. Forças das trevas estão prestes a tomar conta de tudo e os 47 ronin que existem, estão dispostos a tudo.

Gostei: Keanu Reeves é sempre bom de ver...

Não gostei: mas… a historia é fraquinha. E o final...ai!



Pontuação: 6/10

domingo, 28 de junho de 2015

Insidious: Chapter 2




Título em Português: Insidious: Capítulo 2
Realizador: James Wan
Argumento: Leigh Whannell
Atores: Patrick Wilson
Rose Byrne
Ty Simpkins
Duração: 106 minutos.
Ano: 2013
Género: Terror
Classificação: M/16



Sinopse: A família Lambert continua a ter problemas com o além. Se no filme anterior, o filho mais velho tinha problemas, agora é a vez do pai lutar contra os fantasmas do passado.

O primeiro Insidious teve um sucesso surpreendente e os produtores acharam boa ideia fazer uma segunda parte do filme. Como é sabido, as sequelas não têm mais o elemento surpresa e por isso podem falhar redondamente o seu objectivo. Ou então não. Este segundo filme teve mais sucesso que o anterior por um simples motivo: deixou a porta aberta para explicar o porquê de tudo o que estava a acontecer. Pois bem, temos a explicação mas a surpresa foi-se e com ela, todo o suspense do filme anterior. 

Não quero contar a história toda mas resume-se a isto: Josh está possuído e agora ninguém na família está a salvo. Basicamente passamos de um filme de terror para um filme de psicopata.

Gostei: do Patrick Wilson

Não gostei: esta parte 2 era perfeitamente dispensável.


Pontuação: 6/10

terça-feira, 23 de junho de 2015

Insidious




Título em Português: Insidious - Insidioso
Realizador: James Wan
Argumento: Leigh Whannell
Atores: Patrick Wilson
Rose Byrne
Ty Simpkins
Duração: 103 minutos.
Ano: 2010
Género: Drama/Terror
Classificação: Maiores de 16



Sinopse: Uma família muda-se para a nova casa. A mulher, o marido e os dois filhos tentam refazer a vida num sítio novo já que o pai precisa afastar-se do stress da cidade. Quando o filho fica em estado de coma e os médicos não conseguem encontrar explicação para tal, o desespero leva-os a encarar uma nova realidade.

Josh (Patrick Wilson) é um homem prático. Não acredita em nada do paranormal e a busca para um ambiente calmo e sem stress é a sua meta actual. Tudo corria bem até ao filho ter caído quando brincava no sótão. O que aparentemente seria uma queda inofensiva, acaba por revelar-se uma fonte de problemas quando a criança simplesmente não acorda no dia seguinte. Depois de muitos exames feitos, os médicos não conseguem descobrir qual é o problema e os pais decidem levar a criança para casa.

Coisas estranhas começam a acontecer. Apesar do filho mais velho passar meses em coma, o irmão mais novo garante que o vê a andar pela casa durante a noite. Barulhos e vultos aparecem por todos os lados e a mãe da criança resolve procurar uma ajuda fora do convencional: uma médium que poderá ser a única solução para este problema. 

Gostei: O filme até é interessante e para o género em que ele se enquadra, consegue fazer bem a sua função. Não dei nenhum pulinho mas o clima tenso esteve presente.

Não gostei: os fantasminhas poderiam ter sido mais visíveis (a ironia…).


Pontuação: 7/10

sexta-feira, 12 de junho de 2015

The Lazarus Effect




Título em Português: O Efeito Lazarus
Realizador: David Gelb
Argumento: Luke Dawson, Jeremy Slater
Atores: Olivia Wilde
Mark Duplass
Sarah Bolger
Evan Peters
Duração: 83 minutos.
Ano: 2015
Género: Terror
Classificação: M/16



Sinopse: Um grupo de pesquisadores consegue um feito incrível: ressuscitar pessoas clinicamente mortas através de um soro ao qual chamaram Lazarus. Se este acto corajoso pode trazer muita controvérsia, também será uma grande dor de cabeça quando perceberem que o ressuscitado voltou…diferente.

Lázaro é uma personagem bíblica. Segundo conta a historia, ele foi ressuscitado por jesus após ter sido dado por morto durante 4 dias. Descansem que esta personagem e o filme só têm o nome em comum!

Frank e a sua noiva tentam fazer o bem pela humanidade com uma proposta simples: prolongar a vida de um doente através de um soro de forma a ganhar tempo até que se encontre a cura para o problema. Como nestas coisas existe sempre uma cobaia, eles decidiram experimentar a droga num cão abandonado. Na primeira tentativa nada acontece mas conforme o líquido precioso é injectado no animal, os efeitos começam a surgir. Subitamente o cão acorda mas o seu comportamento é estranho: recusa-se a comer e fica cada vez mais agressivo. Ainda assim, os cientistas decidem continuar com os seus testes e a desgraça acontece: Zoe (Olivia Wilde) sofre uma descarga eléctrica e morre. Em desespero, o namorado injecta-lhe o soro e a confusão começa!

Gostei: Ao contrário de muito boa gente, eu gostei do filme. Tive um sustinho ou outro e o melhor é que este não é mais um filme de zombies (apesar da historia indicar que sim) como vemos tantos por aí. Não diria que é propriamente de terror mas la que tem muitos momentos de suspense, tem.

Não gostei: Nada em especial.

Pontuação: 7/10


terça-feira, 9 de junho de 2015

Séries da minha vida: Justified






Foi graças ao Hitman que passei a ter interesse nesta série. Explico: Hitman foi a primeira vez que vi Timothy Olyphant. Gostei logo dele e como tornou-se a minha mais recente obsessão, tive que ir atrás dos filmes que ele já tinha feito e por qualquer motivo tinham-me passado ao lado. Por isso, foi com agrado que recebi a notícia que ele ia ser o actor principal de uma nova serie chamada Justified.



Justified conta a história do homem da lei Raylan Givens (Timothy Olyphant) que após um tiroteio onde mata um criminoso, em plena luz do dia em Miami, é “repatriado” de volta para a sua terra natal em Harlan. Ao regressar, encontra velhos “amigos” dos tempos de infância e apercebe-se que pouco ou nada mudou desde a altura em que decidiu ir embora. Também é óbvio que a corrupção continua e os bandidos de meia-tigela continuam a dar cartas. Um dos vilões é Arlo Givens, o próprio pai de Raylan que apesar de não ser um grande vilão, é suficientemente irritante para dar uma grande dor de cabeça ao herói da historia.




O vilão principal é Boyd Crowder (Walton Goggins) e tornou-se sem dúvida, a personagem mais interessante de toda a série. Ele mata, rouba, vai preso, encontra a “luz” e decide fundar uma religião. Religião que não passa de uma fachada para encobrir os negócios obscuros desta personagem. Seria de esperar que ele morresse logo nas primeiras temporadas mas a sua importância na história foi crescendo cada vez mais e os autores decidiram criar (e matar) um segundo vilão em cada temporada para justificar a presença continua e insubstituível de Boyd.


Ava Crowder (Joelle Carter) foi a personagem que mais detestei desde o começo. Concordo que uma mulher rodeada pelo mundo do crime tem de fazer o que pode para sobreviver mas muitas vezes ela passou a linha do que seria razoável.

Raylan Givens, Boyd Crowder e Ava Crowder são as três personagens fixas ao longo da serie que fugiam uns dos outros neste jogo do gato e do rato sendo que o combate final foi simpático para todos os lados.

Será que falo do final? Hummm talvez não. Só vos digo que fiquei ligeiramente desiludida. Esperava um grande embate entre Raylan e Boyd que não aconteceu mas se calhar foi melhor assim. Acho que nenhum dos dois merecia morrer mas um bom duelo à moda dos antigos filmes de cowboys fez falta.


sexta-feira, 5 de junho de 2015

The Drop




Título em Português: The Drop: O Golpe
Realizador: Michaël R. Roskam
Argumento: Dennis Lehane
Atores: Tom Hardy, 
Noomi Rapace, 
James Gandolfini
Duração: 106 minutos.
Ano: 2014
Género: Crime/Drama



Sinopse: Bob (Tom Hardy) trabalha no bar do primo Marv. O bar serve de local onde a máfia faz lavagem de dinheiro. Um belo dia, um grupo de bandidos decide roubar o bar antes que o dinheiro seja entregue à máfia mas Bob fará os possíveis para que o estabelecimento onde trabalha fique intacto.

Bob é um homem sério. Apesar do seu passado para lá de duvidoso, agora decidiu entrar na linha e não se meter em sarilhos. Quando estava a caminho de casa, ouvir um barulho e depara-se com um cão abandonado e ferido. Sem saber exactamente o que fazer, pede ajuda à vizinha mais próxima. A jovem tem um passado problemático e o presente não parece melhor. O seu ex-namorado é perigoso e não verá com bons olhos o relacionamento entre a ex e o seu novo amigo.
Sabem quando uma pessoa tenta afastar-se dos problemas e eles parecem correr na sua direcção? É o caso do herói da história.

Gostei: Da historia no geral.

Não gostei: Infelizmente o filme é demasiado lento. Algumas cenas parecem que levam séculos a passar e não se entende o porquê de tanto arrastamento. O filme deveria ter muito mais acção do que tem e só sentimos alivio quando ele finalmente termina.


Pontuação: 6/10

segunda-feira, 1 de junho de 2015

Man of Thai Chi




Título em Português: O Homem do Tai Chi
Realizador: Keanu Reeves
Argumento: Michael G. Cooney
Atores: Tiger Hu Chen
Keanu Reeves
Duração: 105 minutos.
Ano: 2013
Género: Acção



Sinopse: Tiger é um rapaz que luta por dinheiro. Ao contrário do que o seu mestre sempre lhe ensinou, ele usa as suas habilidades para enriquecer e apercebe-se que está a ir pelo caminho errado.

O templo onde Tiger sempre estudou está em ruinas. Para fazer um conserto urgente, o rapaz precisa de dinheiro. É ao parar nas mãos de Donaka (Keanu Reeves) que ele vai enveredar no submundo do crime. As lutas que ele terá de fazer serão até à morte senão o próximo a ser eliminado será ele.

Gostei: O filme é interessante mas verdade seja dita: ninguém prestaria atenção nele se não tivesse um astro de Hollywood. 
Ver o Keanu como bad boy foi muito engraçado.

Não gostei: Faltou o desenvolvimento das personagens e um diálogo mais interessante.


Pontuação: 6.5/10

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Cake




Título em Português: Cake: Um sopro de vida
Realizador: Daniel Barnz
Argumento: Patrick Tobin 
Atores: Jennifer Aniston
Adriana Barraza
Anna Kendrick
Sam Worthington
Duração: 102 minutos.
Ano: 2014
Género: Drama
Classificação: M/14



Sinopse: Claire é uma mulher que sofre. A conselho da sua médica, concordou em participar num grupo de ajuda aos doentes com dor cronica. Quando uma doente do grupo suicida-se, Claire procura saber mais sobre o que aconteceu.

Só vi este filme porque estava nomeado aos oscares e fiquei decepcionada com a história. A personagem principal tem pouco ou nenhum desenvolvimento e quando finalmente percebemos o motivo das suas limitações, temos pouco ou nenhum interesse pela personagem.

Jennifer Aniston é conhecida por ser uma actriz de comédia e talvez por isso não consegui levá-la a sério. Como mulher sofredora deixou muito a desejar e só pudemos ver uma rezingona que nunca diz ao que vem. O relacionamento com o viúvo da “colega” é demasiado vago e o filme começa do nada e parte para lugar nenhum.

Gostei: Da falta de maquilhagem? 

Não gostei: Demoramos muito tempo para saber o que aconteceu à personagem principal e porque está naquele estado. 


Pontuação: 6/10

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Lucy




Título em Português: Lucy
Realizador: Luc Besson
Argumento: Luc Besson
Atores: Scarlett Johansson, 
Morgan Freeman,
Duração: 89 minutos.
Ano: 2014
Género: Ação/Ficção Cientifica 
Classificação: M/14



Sinopse: Lucy conhece um homem numa festa, namora com ele por uma semana e um belo dia ele encarrega-lhe de cumprir uma missão: entregar uma mala ao senhor Jang num hotel. Sem saber o conteúdo da mala, Lucy aceita cumprir essa missão com relutância mas tudo corre mal e ela é presa.

Scarlett Johansson não é das minhas actrizes preferidas mas também não é das piores. Consegue sempre cumprir o seu papel de forma satisfatória e isso para mim é suficiente. Com esta Lucy, a atriz não tem muito a fazer visto o filme basear-se fundamentalmente em efeitos especiais.

Quando Lucy entra no hotel é presa imediatamente. Mr. Jang é um mafioso que usa as pessoas para traficar droga e a jovem será uma dessas “mulas”. Devido a uma serie de acontecimentos, a droga acaba por rebentar dentro do corpo dela e uma coisa estranha acontece: o seu cérebro começa a ganhar cada vez mais capacidades e super-poderes. Agora que tem conhecimentos inestimáveis, Lucy irá correr contra o tempo de forma a poder encontrar quem lhe fez mal. 

Gostei: A ideia geral do filme é interessante.

Não gostei: do final.


Pontuação: 7/10

sexta-feira, 15 de maio de 2015

The Entity




Título em Português: O Ente Misterioso
Realizador: Sidney J. Furie
Argumento: Frank De Felitta
Atores: Barbara Hershey
Ron Silver
David Labiosa
Duração: 125 minutos.
Ano: 1982
Género: Terror/Drama



Sinopse: Uma mãe solteira com 3 filhos começa a sofrer uma serie de abusos sexuais por parte de um espirito invisível. 

Carla Moran é uma mãe solteira com 3 filhos para criar. O actual namorado viaja muito e ela começa a ver-se aflita e desamparada quando é atacada por um ser invisível. No princípio ninguém acredita nela e é aconselhada a procurar um psiquiatra. O seu passado infeliz pode ser a explicação mais plausível para estes ataques mas o que pensar quando o filho mais velho também passa a ser atacado?

Os médicos tentam descobrir o que está a acontecer e o resultado é simples: histeria. Não contente com o diagnostico, Carla decide procurar ajuda noutros lados e quando um grupo de parapsicólogos entra em acção, o seu maior receio vem a confirmar-se: existe mesmo algo paranormal a acontecer e alguém terá de por fim àquele sofrimento.

Gostei: Barbara Hershey desempenha bem o seu papel. 

Não gostei: Não sei até que ponto este “não gostei” fará sentido, porque é preciso ter em conta o ano em que este filme foi feito mas o espirito do filme era muito... eléctrico ahaha 


Pontuação:6.5 /10

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Wild




Título em Português: Livre
Realizador: Jean-Marc Vallée
Argumento: Nick Hornby, Cheryl Strayed
Atores: Reese Witherspoon
Laura Dern
Thomas Sadoski
Duração: 115 minutos.
Ano: 2014
Género: Biografia



Sinopse: Cheryl é uma mulher que parte em viagem pela trilha Pacific Crest. A sua viagem trata-se de exorcizar os fantasmas do passado e, com sorte, descobrir o que fazer da sua vida no futuro.

Cheryl é uma mulher que está de luto pela morte da mãe. A sua forma de fazer o luto foi diferente da maioria. Como era uma menina da mamã, bem-educada e muito “certinha”, fica desnorteada quando a progenitora morre. A boa menina torna-se numa mulher rebelde, viciada em sexo e drogas que acabam por destruir o seu casamento. 

Agora decide que é altura para mudar de vida e percorrer uma trilha pelo meio do deserto, sozinha, parece ser uma boa solução (o que as drogas fazem a uma pessoa!).

Reese Witherspoon faz um bom trabalho sem duvida mas o problema é que o filme começa do nada e parte para o nenhures. Esperava que houvesse um momento revelador onde a personagem principal tivesse um final feliz (ou não) mas temos de nos contentar com a actriz a contar em voz-off o que aconteceu no fim.

Gostei: Não sou propriamente fã da Reese Witherspoon mas gostei do trabalho dela neste filme.

Não gostei: Uma mulher sozinha no meio de deserto, cruza-se com vários homens pelo caminho e nenhum deles tenta nada com ela? Demasiado irrealista.

É um filme morno onde se esperava grandes cenas mas pelos vistos, fica para a próxima.


Pontuação: 6.5/10

terça-feira, 28 de abril de 2015

Mirrors




Título em Português: Espelhos
Realizador: Alexandre Aja
Argumento: Alexandre Aja
Atores: Kiefer Sutherland, 
Paula Patton, 
Amy Smart
Duração: 110 minutos.
Ano: 2008
Género: Terror
Classificação: M/16



Sinopse: Ben é ex-polícia. Agora trabalha como guarda-nocturno, a vigiar uma loja que ficou destruída num incêndio. O que ele não sabe é que a sua segurança está em perigo desde que ele poe os pés naquele lugar.

Kiefer Sutherland é Ben, um antigo agente da polícia, expulso da sua profissão após matar uma pessoa. Agora é viciado no álcool e a relação com a ex-mulher não é das melhores. 

Como já não pode exercer a sua profissão, a solução foi procurar emprego noutro lugar. O Mayflower Department Store, que é uma espécie de centro comercial, tornou-se a única escolha possível, já que não há muito a fazer. Trata-se de fazer a segurança do um edifício, praticamente em ruinas depois do incêndio e todo o cuidado para andar naquele lugar é pouco.

Nota-se que apesar do mau estado, o Mayflower devia ter sido muito bonito. Do incêndio, só sobraram os espelhos enormes que estão um pouco por todo o lado e dão um ar ainda mais fantasmagórico. Aos poucos Ben, descobre que os espelhos guardam muitos segredos e uma força do mal estará por detrás deles.

Agora ninguém está a salvo, nem mesmo a sua família, a não ser que ele consiga destruir o objecto mais perigoso de sempre: um espelho. 

Gostei: A história até seria interessante mas perdeu-se um pouco pelo caminho.

Não gostei: Filmes de terror são aquela género onde pouco ou nada de novo pode ser feito. Filmes onde os espelhos são perigosos? Temos aos montes. Tirando uma ou duas cenas mais nojentas (é preciso ver o filme para saber do que estou a falar), não achei tão assustador quanto isso.


Pontuação: 6/10

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Take Shelter




Título em Português: Procurem Abrigo
Realizador: Jeff Nichols
Argumento: Jeff Nichols
Atores: Michael Shannon, 
Jessica Chastain, 
Shea Whigham
Duração: 121 minutos.
Ano: 2011
Género: Drama
Classificação: M/12



Sinopse: Curtis (Michael Shannon) é um pai de família que começa a ter visões apocalípticas. Como medo do que estará para vir, ele constrói um abrigo no quintal para proteger a sua família.

A minha antipatia pelo Michael Shannon vem dos tempos do “Bug”. Como gosto de dar uma segunda oportunidade aos meus ódios de estimação, decidi oferecer-me em sacrifício durante 121 minutos na esperança de mudar a minha opinião. Não resultou. Decididamente este actor tem queda por personagens malucas. Nada a fazer em relação a isso.

Curtis é um pai e marido dedicado. O seu colega Dewart acha que ele tem uma boa vida. Afinal de contas, tem uma bela mulher, um filho fofo e a situação financeira não é das piores. Aparentemente tudo parece correr às mil maravilhas.

Os problemas começam quando Curtis começa a ter pesadelos sucessivos. Dormir torna-se um martírio e ele começa a perder noção da realidade. Com medo de ter os mesmos distúrbios mentais que a mãe também tem, ele decide procurar um psiquiatra antes que seja tarde demais. O médico receita-lhe uns calmantes e em princípio tudo ficará bem. Claro que isso não acontece e quando Curtis desata a ter visões apocalípticas, entra em desespero.

De forma a poder salvar a família, Curtis endivida-se para construir um abrigo no quintal. A mulher limita-se a assistir a tudo sem poder fazer nada e não tem mais a certeza na sanidade mental do marido.

Gostei: A ideia do filme até seria interessante. Passamos o tempo todo a tentar descobrir se o homem está realmente maluco ou não.

Não gostei: Aquele final duvidoso estragou tudo.



Pontuação: 6.5/10

sábado, 18 de abril de 2015

In Secret




Título em Português: Em Segredo
Realizador: Charlie Stratton
Argumento: Charlie Stratton
Atores: Elizabeth Olsen
Oscar Isaac
Tom Felton
Jessica Lange
Duração: 107 minutos.
Ano: 2013
Género: Crime/Drama
Classificação: M/16



Sinopse: Therese é filha de mae desconhecida e o pai entrega-a aos cuidados dos familiares. A tia e o primo têm uma vida simples no campo e a jovem torna-se a empregada, enfermeira e tudo o resto na casa. Quando o primo Camille cresce, apesar de doente, pede a prima em casamento. Ela não tem outra alternativa senão aceitar mas a vida de todos muda quando decidem mudar-se para Paris.

Therese é vista como um ser menor. O pai está longe, a mãe ninguém sabe quem é e ela não é mais que uma simples empregada. Além de fazer a lida domestica, tem de cuidar de noite do primo doente dos pulmões. A vida da jovem não é fácil mas resigna-se ao seu destino. Conforme cresce, torna-se uma bela mulher e com os desejos próprios da idade. 

O primo Camille acha que já é homem e agora manda lá em casa. Agora que sente-se melhor, acha que é boa ideia mudarem-se para paris mas antes precisa pedir a prima em casamento. A jovem aceita (também não tem outra alternativa) e os três mudam-se de malas e bagagens para a capital.

Therese que estava habituada à vida do campo, fica maravilhada com o reboliço da capital e quando conhece Laurent a sua vida muda completamente. É que o amigo de Camille é o oposto do seu marido: forte, saudável e atraente. A atracção entre os dois torna-se cada vez mais forte e esse segredo jamais poderá ser revelado.



Gostei: Elizabeth Olsen tem sido uma surpresa agradável. Obviamente tem mais talento que as duas irmãs gémeas juntas (Mary-Kate e Ashley Olsen), apesar de serem incrivelmente parecidas. De todos os filmes que tenho visto, o seu desempenho é solido e bastante satisfatório. Oscar Isaac que nunca vi mais gordo, também foi uma boa surpresa.

Não gostei: o filme é engraçado até determinada altura. Quando o momento determinante do filme acontece, a história torna-se parva. Foi preciso pensar que isto tudo desenrola-se em 1860 para acreditar que aquele comportamento fazia sentido.


Pontuação: 7/10