segunda-feira, 21 de julho de 2014

Phone Booth




Título em Português: Cabine Telefónica
Realizador: Joel Schumacher
Argumento: Larry Cohen
Atores: Colin Farrell
Kiefer Sutherland
Forest Whitaker
Duração: 81 minutos.
Ano: 2002
Género: Thriller

Sinopse: O que fazer quando vai na rua e um telefone de uma cabine começa a tocar? Atende ou não? Stu Shepard (Colin Farrell) apesar de ser um homem muito ocupado, não resiste à curiosidade e atende o telefone. Do outro lado está um assassino que irá disparar se ele se atrever a desligar. O problema é que uma cabine pública ainda costuma ser bastante usada e Stu não poderá explicar o que sucederá se ele perder a ligação.

O filme passa-se quase na totalidade dentro de uma cabine telefónica mas quem acha que isso poderá parecer monótono desengane-se. Colin Farrell tem um desempenho excelente e demonstra muito bem as suas emoções ao longo do filme. 

À medida que o filme se desenvolve, podemos perceber cada vez mais sobre a personalidade da personagem principal. Stu é um agente publicitário, habituado a mentir a toda a gente inclusive à sua esposa. É nesta mesma cabine telefónica que ele marca os encontros com outra mulher. Ironia do destino, ou talvez não, é neste pequeno cubículo que o homem terá de expiar as suas culpas e se tudo correr bem até poderá ser compensado. Ou talvez não…

Gostei: Da interpretação do Colin Farrell

Não gostei: do final.


Pontuação: 7.5/10

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Labor Day




Título em Português: Um segredo do passado
Realizador: Jason Reitman
Argumento: Jason Reitman
Atores: Kate Winslet
Josh Brolin
Gattlin Griffith
Duração: 111 minutos.
Ano: 2013
Género: Drama

Sinopse: Após o divórcio, Adele (Kate Winslet) tornou-se uma mulher destroçada e deprimida. Vive com o filho Henry (Gattlin Griffith) que apesar de ser um adolescente, transforma-se no homem da casa. Um belo dia, quando mãe e filho vão às compras são abordados por um homem estranho que está ferido e pede boleia. A recusa é a opção mais certa mas o estranho consegue ser muito persuasivo e não lhes resta outra opção senão levá-lo para casa. 

Quando Frank (Josh Brolin) entra na vida desta família tudo muda. Logo nos primeiros minutos percebemos que o desconhecido é um homem perigoso e acaba de escapar da prisão. Para Adele e Henry a vida não podia estar pior. Como se já não bastasse o sofrimento diário, agora abrigam um fugitivo que poderá ser capaz de tudo. Porém, à medida que o filme se desenrola, deparámo-nos com várias contradições: o criminoso não é assim tão mau como seria de esperar e até traz uma lufada de ar fresco nesta casa, oferece-se para fazer algumas reparações e até ensina uma nova receita a Adele. Conforme o passar dos dias, Frank passa a ter cada vez mais importância neste lar destroçado mas um medo é constante: a qualquer momento, a polícia pode bater à porta! 

Gostei: Do desenrolar das personagens

Não gostei: da falta de acção. 


Pontuação: 7.5/10

sábado, 12 de julho de 2014

Robocop (2014)


Título em Português: Robocop
Realizador: José Padilha
Argumento: Joshua Zetumer, Edward Neumeier,
Atores: Joel Kinnaman
Gary Oldman
Michael Keaton
Samuel L. Jackson
Duração: 117 minutos.
Ano: 2014
Género: Acção/Aventura

Sinopse: Alex Murphy é um bom polícia, honesto e com vontade de cumprir o seu dever mas o preço a pagar quando se mete na frente de grupo criminoso pode ser alto demais. Murphy é atraído para uma armadilha mesmo à porta de casa e quando o carro explode pouco sobra do agente. A solução é aproveitar o que sobra dele e graças às novas tecnologias (afinal estamos no ano 2028), transforma-lo num robot altamente eficiente e com vontade de apanhar os criminosos.

Confesso que sempre fui fã do Robocop e por isso a minha opinião é totalmente parcial ahaha.

É inevitável comparar este Robocop de 2014 com aquele dos anos 80. Sinceramente gostei mais deste. É mais destemido e graças aos fantásticos efeitos especiais, também é muito mais rápido. Isso foi sempre uma coisa que me chateava. Àquela velocidade de antigamente, seria muito difícil apanhar qualquer bandido! Atualmente este Robocop veio trazer-nos aquilo que sempre desejamos: rapidez e eficácia. 
Não se pode dizer que existem grandes demonstrações emocionais com este Robocop (também com o anterior não havia). Afinal de contas, a parte técnica tende a sobrepor-se ao lado sentimental e este homem-robot precisa ser o mais racional possível.

Gostei: De tudo.

Não gostei: do Samuel L. Jackson. Fez tanta falta ali como uma gota no meio do oceano.


Pontuação: 8/10

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Gravity




Título em Português: Gravidade
Realizador: Alfonso Cuarón
Argumento: Alfonso Cuarón
Atores: Sandra Bullock
George Clooney
Duração: 91 minutos.
Ano: 2013
Género: Ficção cientifica

Sinopse: A Dr.ª Ryan Stone (Sandra Bullock) e o astronauta Matt Kowalski (George Clooney) são enviados numa missão para reparar um satélite. Quando menos esperam, são surpreendidos por uma explosão que os faz andar perdidos no espaço. Matt faz os possíveis para salvar a colega mas ambos estão numa luta para salvarem as próprias vidas.

Foi com muita relutância que decidi ver este filme. Não sou fã deste género nem tenho nenhuma simpatia em especial pelos actores principais mas depois de tanto burburinho, lá fiz a vontade à minha curiosidade. É inegável a qualidade dos efeitos especiais e só. Será que isso é motivo suficiente para nos obrigar a ver a Sandra Bullock às voltas como um frango num churrasco? Não, na minha simples opinião. Não é que o filme seja mau mas é facilmente "esquecível". 

Gostei: Dos efeitos especiais.

Não gostei: da falta de profundidade das personagens.


Pontuação: 6.5/10