quarta-feira, 5 de março de 2008

Beowulf

Titulo em Português: Beowulf
Dirigido por: Robert Zemeckis
Escrito por: Neil Gaiman e Roger Avary
Actores: Ray Winstone
Robin Wright Penn
Anthony Hopkins
John Malkovich
Angelina Jolie
Duração: 113 minutos
Ano: 2007
Género: Acção/Aventura
Site Oficial: Beowulf

O que dizer de um filme destes? Visualmente é fantástico. Colocar 300 câmaras em estúdio para fazer estes efeitos inovadores 3D é uma obra de génio e custa acreditar que aquelas pessoas que vemos são mesmo de carne e osso. Maravilhas do mundo moderno! Porém o fascínio acaba aqui. A história é idiota e não há volta a dar-lhe.
Ah! outra falha enorme é que todos os actores estão relativamente iguais ao que são na vida real mas somente Ray Winstone está completamente diferente. Basta pesquisar para ver que aquele ser fantástico que mais parece um lutador de wrestling está um bocadinho fora de forma…
Para quem não sabe, Gerard Butler (sim já estava demorando eu mencionar o nome do jeitoso), fez de Beowulf em 2005 num filme chamado Beowulf & Grendel. O motivo pelo qual ainda não veio parar a este cantinho, é exactamente pela decepção que causa ver bons actores com um guião completamente parvo senão vejamos:
Era uma vez um rei (Anthony Hopkins) que vai para a cama com uma monstra do mar (Angelina Jolie) e têm um filho chamado Grendel (Ray Winstone). Anos depois, o filho cresce e mete medo ao susto de tão feio que é (obviamente não sai ao pai nem á mãe). Tem fome de carne e sede de sangue (literalmente) e ataca a taberna que o pai construiu para receber os seus convidados, desfazendo-os em mil bocadinhos e levando as sobras para a sua caverna quase secreta (não fosse toda a gente saber onde fica mas ninguém ter coragem suficiente para ir lá). Vendo que na região não abundam homens com H, o rei tem a ideia brilhante de chamar Beowulf, um temido guerreiro que já lutou com monstros marinhos.

Num instante usando toda a sua genica, ele destrói o malvado, que de gigante passa a anão só porque o herói espetou-lhe umas estacas nos ouvidos (imagina se fosse cotonetes!).
No fim quem se safa mesmo é a Jolie que continua linda e maravilhosa fazendo o que bem lhe apetece enquanto os restantes envelhecem a olhos vistos.


Pontuação para este filme:

3 comentários:

  1. Olá Ana S.:
    Vejamos, pela tua descrição, e classificação dever ser mesmo triste ver actores deste gabarito (podes excluir a Jolie do naipe onde se incluem Hopkins e Butler... lol...) a representar um filme tão idiota.
    Beijos

    ResponderEliminar
  2. Na verdade cometeram um ato de traição com o poema medieval Beowulf, no qual se baseia este filme. A história original é completamente diferente. Enfim, não será a primeira nem a última vez que Hollywood recriará a história para pior.

    Parabéns pelo novo blog, mais cinematográfico, impossível. Ao acessá-lo dá vontade de apagar a luz e comer pipoca.
    Beijos, e dias felizes!

    ResponderEliminar
  3. Para mim, esta é das melhores adaptações de Beowulf que já vi, então visto no formato 3D fica extraordinário. Eu adorei o filme, ao contrário de ti. :)
    Bjs

    ResponderEliminar